domingo, 12 de dezembro de 2010

Um romance.

Ela sempre sonhou com um romance de Shakespeare, tipo um romance Romeu e Julieta, daqueles que faz a pessoa mais fria do mundo se emocionar com a história; ou tipo aquele romance do Titanic, o pobre se apaixona pela mocinha e a mocinha larga tudo para ficar com ele. Eram apenas sonhos...ate ele aparecer. Era como se o mundo estivesse parado no momento em que ele a olhou nos olhos e deu um sorriso, o mais simples sorriso ja visto antes mas, o sorriso mais sincero do mundo. É estranho. Por mais apaixonados que estivessem ele não era daquela cidade, eles não poderiam ficar juntos. A insegurança dela não deixava. Toda vez que ele passava na cidade(para visitar parentes) eles ficavam e juravam não ter nada com ninguém. Problemas logo apareceram. Não demorou muito para a insegurança dela dar problemas para esse relacionamento, pessoas apareceram para estragar aquela relação. Eles "terminavam" e "voltavam" toda vez, ate que ele colocou um ponto final por não aguentar mais. Anos e anos se passaram. Formados. Ele decidiu ir para uma cidade grande e por ironia do destino ela foi para a mesma cidade. Eles acabaram se encontrando e o que estava amenizado por tanto tempo voltou a fazer borboletas aparecerem. Depois de muita conversa...ele decidiu fazer uma surpresa. A colocou na garupa de sua moto e para um parque onde a vista era linda. Era um parque afastado onde ninguém ia. Ali ele montou  um piquenique em frente ao lago em volta de arvores. Ali ele lhe pediu em casamento.

Um comentário:

  1. Liindo Liindo
    Amei seu blog Flor
    Beeijoo

    Jaine - Little Things

    ResponderExcluir